jornais

Minha estréia nas páginas do jornal impresso foi como colunista da clássica Tribuna da Imprensa, no começo dos anos 2000. Depois, em 2018, foi uma consequência natural ocupar não só o digital da Folha, mas também o impresso. Durante dois anos eu e minha parceria Manoela Miklos dividimos uma coluna quinzenal no Caderno Cotidiano, onde pautamos diversos temas relevantes para o campo das mulheres e do feminismo.